• Hachiko

Arraia na culinária: um ingrediente inusitado e marcante

A aplicação da arraia na culinária deixa muitas pessoas curiosas – e, algumas delas, com um pé atrás. Por não ser um ingrediente muito comum nas mesas brasileiras, é grande o número de pessoas que nunca provaram essa iguaria.


Porém, quando bem preparada, a arraia pode se tornar um prato fantástico. No restaurante Hachiko um dos pratos mais requisitados pelos clientes é justamente a arraia na manteiga de açafrão com salsa de manga.


Quer entender melhor como a arraia na culinária pode ser uma boa combinação? Então acompanhe logo a seguir.


Mas afinal, o que é a arraia?


Você provavelmente sabe que a arraia é um animal marítimo, certo? Entretanto, muitas pessoas não sabem exatamente do que estamos falando quando falamos sobre a arraia. Por isso, antes de compreendermos a aplicação da arraia na culinária, vamos entender melhor a origem desse ingrediente.


As arraias são um grupo de peixes de corpo plano comumente encontrados em águas marinhas tropicais temperadas, subtropicais e costeiras em todo o mundo. Elas são caracterizadas por uma distinta cauda longa, afiada e venenosa usada para autodefesa contra predadores.


A maioria dos pescadores descreve este peixe como um com uma anatomia estranha e um aspecto pouco apetitoso. No entanto, algumas pessoas o acham comestível, enquanto outros nunca perderão seu tempo cozinhando. Daí a pergunta “como é o sabor das arraias?”


As arraias são muito comestíveis. O método de cozimento comum de arraia em Cingapura e na Malásia é grelhar em fogo feito com carvão e servir com molho de soja ou sambal picante. Universalmente, as partes mais valorizadas são a bochecha, as abas (que também são conhecidas como as asas), e o fígado.


Entretanto, as arraias podem ser preparadas de diversas outras maneiras – e várias culinárias exploram esse peixe ao redor do mundo.


A arraia na culinária

Apesar de ser um ingrediente clássico da culinária francesa, a arraia foi desprezada por muitos anos pelos restaurantes brasileiros. Por isso, a aplicação da arraia na culinária brasileira ficava restrita às moquecas populares da região Nordeste.


Porém o sabor marcante das arraias começou a ser valorizada nos últimos anos. Trata-se de um ingrediente que tem dado um toque exótico aos cardápios de restaurantes contemporâneos, além de inspirar combinações criativas com ingredientes regionais.


O que não faltam são bons exemplos do uso da arraia na culinária ao redor do mundo:

  • Na França, a raie au beurre noir (arraia com manteiga negra) é uma receita mais popular.

  • Na Espanha, a arraia é muito usada nas tapas.

  • Na Inglaterra, a arraia dá um toque de requinte no tradicional fish and chips, o peixe frito com batata frita.

  • Em Portugal, a arraia estrela vários pratos regionais – como a raia enxambrada ou raia de pitau.

Todo esse prestígio em relação a arraia na culinária também chegou ao Brasil. O sabor marcante do peixe era visto como um defeito, mas agora se tornou sua principal virtude. O prestígio da arraia na culinária tem crescido expressivamente e os pratos explorados são cada vez mais variados e criativos.


Arraia na manteiga de açafrão com salsa de manga do Hachiko



É claro que o restaurante Hachiko não poderia deixar de explorar o sabor marcante das arraias em seus pratos exclusivos. A arraia na manteiga de açafrão com salsa de manga se tornou um dos pratos mais pedidos pelos clientes que passam pelo Hachiko.


O peixe vem com a textura bem macia, quase desmanchando na boca. O vinagrete de salsa de manga é levemente picante e contrasta com a delicadeza do sabor do peixe. Imperdível, não é mesmo?


Que tal provar essa delícia do restaurante Hachiko? Faça a sua reserva agora mesmo. Estamos aguardando você!


0 visualização